terça-feira, 12 de outubro de 2010

Terapia

Todo o meu trabalho é muito prazeiroso, artesanato para mim é, antes de tudo, uma terapia. Mas origami é uma paixão. Mais que um trabalho, é um hobby. Principalmente os kusudamas. Originalmente, no oriente, o kusudama  era considerado uma esfera contendo a energia da cura e seu cordão distribui e espalha a energia através de seus fios. Escolher cores, modelos, executar o kusudama e depois combiná-lo ao cordão e peças complementares, carregando-o com as melhores energias que possa captar e direcionar para quem vai recebê-lo, é uma alegria indizível. Começo agora a produção para o Natal, pois sua procura é grande nessa época, pois é uma lembrança original e barata. O da foto foi um presente para minha irmã, Mirian.



Nenhum comentário: